3 dicas para reduzir absenteísmo

O absenteísmo é um dos principais problemas que as empresas têm com seus funcionários. A falta, o atraso ou o abandono dos postos de trabalho exige soluções eficientes e políticas corporativas de incentivo e fiscalização, para que mantenham a assiduidade da equipe de profissionais sempre alta. Neste texto, temos três boas dicas de como reduzir o absenteísmo na sua empresa. Confira!

Flexibilize a jornada de seus funcionários sempre que possível

As recentes alterações legais têm permitido às empresas uma flexibilização maior nas jornadas trabalhistas e até mesmo a jornada intermitente. Por isso, para a sua empresa pode ser mais favorável adotar uma jornada plena, porém flexível, que permita que o funcionário compareça em diferentes horários.

Às vezes, é melhor conceder a um bom funcionário a possibilidade de trabalhar em horários mais adequados para ele do que manter uma jornada fixa que o obrigue a faltar no trabalho e, eventualmente, sair da empresa ou ser demitido, aumentando custos com RH e possivelmente perdendo um ótimo colaborador para a concorrência. Pense nisso.

Seja a jornada fixa ou flexível, não há problema. Com o produto da Apponte.me, a gestão do registro de frequência pode ser facilmente controlada pelos profissionais responsáveis pelo pessoal, até mesmo a regulamentação do trabalho em regime de home office, algo cada vez mais presente nas empresas de todo o país.

Utilize tecnologia no seu registro de ponto

Em grande medida, o absenteísmo é provocado ou intensificado pela falta de precisão e eficiência dos sistemas que calculam e registram a frequência dos funcionários.

Fichas manuais, relatórios ou sistemas ineficientes e obsoletos podem permitir que os colaboradores se confundam em relação às suas escalas de trabalho ou até mesmo burlem deliberadamente a jornada funcional, por saber que o sistema de registro de ponto irá permitir uma anotação falsificada. Como as anotações e registros são imprecisos, fica difícil para a equipe do RH fazer a auditoria destas informações e realizar as devidas deduções salariais, gerando prejuízos ao orçamento da empresa.

Por isso, o sistema da Apponte.me é o ideal. Com um tablet fixo na entrada da empresa, os funcionários registram o ponto com foto, assegurando a veracidade da marcação. As informações são encaminhadas para uma base de dados na nuvem que pode ser acessada pela gestão em qualquer dispositivo.

Banco de horas pode ser uma boa alternativa

Muitas empresas têm dificuldade em realizar a remuneração de suas horas extras através de pagamento em dinheiro por questões orçamentárias. Por isso, para ser justo com o funcionário e cumprir a lei, uma boa alternativa é a realização do banco de horas.

O banco de horas, que é acertado em acordo ou convenção coletiva, prevê que o funcionário tenha as horas extras compensadas na jornada de outro dia, permitindo inclusive dias inteiros de folga, quando o colaborador tiver este direito.

Assim, a empresa pode implementar o banco de horas e, sempre que o funcionário precisar faltar ao trabalho, compensar esta ausência com as horas excedentes do banco. Para ter o controle completo das horas trabalhadas, a gestão de ponto é fundamental.

Para todas estas situações, a Apponte.me pode ser uma ótima solução.