Por que muitos colaboradores não gostam de marcar ponto

É fato que muitos trabalhadores não gostam de marcar ponto por diversos motivos. Isso gera muitos transtornos para a empresa, que tem dificuldade de organizar todos os registros de entrada e saída essenciais para o funcionamento adequado do departamento de RH. Afinal, por que isso acontece e como fazer com que os colaboradores entendam a importância disso para a empresa e para ele mesmo?

Por que os colaboradores não gostam de marcar ponto?

Para algumas pessoas, a marcação de ponto faz com que se sintam desvalorizadas na empresa. Isso porque há no imaginário uma ideia de que o ponto é um controle e que a empresa vê os seus funcionários apenas como números. Outros já não gostam desse tipo de prática pois se esquecem facilmente de fazer o registro na entrada e na saída.

Algumas formas de marcação de ponto também não ajudam, como algumas máquinas antigas ou que não funcionam corretamente. Isso pode desanimar o colaborador, já que talvez ele tenha que perder alguns minutos até que a máquina faça o que precise ser feito.

Por estes motivos, os principais motivos pelos quais os trabalhadores evitam o ponto é por dificuldade de lembrar, sensação de ser controlado e problemas relacionados com a forma por meio da qual a empresa faz a marcação de ponto.

Como fazer o trabalhador entender a importância do ponto?

Quem tem empresa, sabe que a marcação de ponto não é uma mera imposição aos trabalhadores para controlá-los. É uma forma de organizar as atividades, a folha de pagamento e outros detalhes que são mais fáceis de serem analisados por meio do registro. Afinal, como fazer com que o trabalhador entenda isso? Sabemos que um bom diálogo é a base de qualquer relacionamento.

Dentro da empresa não é diferente. É importante que os gestores conversem com os colaboradores para que estes não se esqueçam da marcação do ponto e entendam que esta é uma segurança também para eles. Afinal, tudo fica documentado da forma mais correta possível. É uma garantia que também é útil para o trabalhador. Por isso, é importante que essa conversa seja feita de maneira franca e que sejam sanadas todas as dúvidas que possam surgir no momento.

A tecnologia como aliada

Para fazer com que os trabalhadores entendam a importância da marcação de ponto, além de um bom diálogo esclarecedor, é importante que a empresa também facilite o serviço. Algumas máquinas e relógios antigos que fazem o funcionário perder muito tempo ou máquinas que erram e não funcionam constantemente são fatores que desanimam. Por isso é importante ter mecanismos de qualidade para que o colaborador se sinta mais à vontade com todo o processo.

Graças a tecnologia, existem no mercado modelos mais modernos que facilitam a marcação de ponto e trazem resultados mais seguros e precisos. São os tablets que são fixados na parede e facilitam a realização dos registros. O colaborador pode fazer a marcação por meio de sua matrícula, de uma senha ou até mesmo uma foto. Tudo fica devidamente registrado e a informação é enviada por um painel em nuvem diretamente para o RH.

Marcar ponto não precisa ser uma tarefa desgastante!