Conheça 5 formas para otimizar a qualidade de vida no trabalho

A maioria dos empregados passa mais tempo no local de trabalho do que na própria casa. É natural, assim, que a atividade exercida tenha grande impacto sobre a vida destas pessoas. Visto pelo outro lado, a produtividade de uma empresa depende estritamente do clima organizacional e satisfação. É neste contexto que necessitamos de ferramentas para otimizar a qualidade de vida no trabalho.

Existem medidas que são cada vez mais frequentes no mercado devido ao impacto positivo que podem causar nos negócios. Afinal, as organizações só têm a ganhar com a satisfação de seus colaboradores. Vale lembrar que este é um conceito abrangente, que engloba desde salários até o incentivo dado aos funcionários no cotidiano.

Conheça 5 formas para otimizar a qualidade de vida no trabalho

Para que trabalhadores se tornem satisfeitos, é indispensável a utilização de ferramentas de gestão de pessoas e outros recursos análogos. Mesmo porque eles permitem que os responsáveis da empresa compreendam as necessidades do colaborador. Isto posto, confira a seguir 5 exemplos que podem ajudar na tarefa.

1. Horários mais flexíveis

Já passou o tempo em que manter horários rígidos era a única forma de garantir que colaboradores produziriam o suficiente. O problema é que no mundo interconectado no qual vivemos existe um grande paradoxo: a mobilidade é cada vez mais caótica nas grandes cidades. Devemos apostar então em saídas alternativas.

Os horários flexíveis ajudam a evitar momentos de tráfego mais intenso. Uma situação que, além de estressante, tende a reduzir as horas livres dos trabalhadores. É por esta e outras razões que empresas como o Google dão liberdade aos seus funcionários. O importante é cumprirem suas funções e cargas, independente do horário de entrada e saída.

2. Feedback e valorização dos colaboradores

Pode até soar como a mais simples das ações, mas não se engane, a sua eficácia é considerável. Através do feedback os gestores reconhecem quando um funcionário está no caminho certo. Ao deixar isto claro, os colaboradores passam a se sentir valorizados.

Ainda assim, a prática não deve ser acompanhada apenas de elogios, mas também de gratificações e outros benefícios. Do ponto de vista mais crítico, a resposta serve de orientação para que os colaboradores possam crescer na profissão. Assim sendo, torne o feedback uma prática sistematizada para usufruir dos benefícios mencionados.

3. Autogestão

A partir do feedback é possível alimentar a prática de autogestão. Ou seja, permitir que o próprio colaborador tenha papel ativo no seu desenvolvimento profissional. Os talentos a serem retidos sempre possuem uma dose de autonomia e vontade espontânea de crescimento.

4. Alimente o bom clima organizacional

Dentre as ferramentas para otimizar a qualidade de vida no trabalho, as pesquisas e incentivos ao clima organizacional são fundamentais. Primeiro porque é necessário analisar o nível de satisfação e motivação dos funcionários; segundo, para que a partir disto ações de engajamento e melhoria do clima sejam planejadas.

5. Considere sempre o auxílio da tecnologia

Não podemos esquecer que a gestão de pessoas hoje é realizada de forma muito mais eficiente com auxílio da tecnologia. Ela pode servir, por exemplo, para evitar sobrecarga, automatizando certas tarefas. Também pode controlar a entrada dos funcionários de forma rápida e precisa, mesmo em ambientes de flexibilização de horários. Trata-se do suporte ideal para facilitar a vida do colaborador.

Com ela, podemos reduzir o ritmo e concentrar as atividades em tarefas específicas, estabelecendo intervalos para descanso. Pois é fácil comprovar nos indicadores de desempenho os efeitos negativos de uma mente cansada. Estas são apenas algumas ferramentas para otimizar a qualidade de vida no trabalho. Existem ainda muitas outras. Para tirar dúvidas e descobrir mais sobre o assunto, entre em contato conosco.