3 tendências de RH para prestar atenção em 2019!

2019 está começando e é uma boa hora de você rever como anda o desempenho do seu RH. Confira algumas tendências que certamente serão aplicadas ano que vem por grandes companhias e saiba como tornar o seu departamento mais produtivo e eficiente.

Mais atenção com os colaboradores

Para funcionar adequadamente, o RH realiza diversas tarefas padronizadas e não tem tempo de olhar individualmente para os funcionários. Existem situações em que eles são tratados apenas como números. No entanto, a tendência é que nos próximos anos esse departamento tenha mais atenção em relação às demandas dos colaboradores e à sua satisfação dentro da equipe.

Isso quer dizer que o RH deve estar mais pronto para ouvir os funcionários e integrar mais os setores da empresa, mostrando a importância de cada membro da equipe para os negócios. Com isso, a empresa tende não só a ditar as regras, mas também ouvir e aprender com os colaboradores. Por isso, a tendência é que em 2019 o RH tenha estratégias mais personalizadas em relação aos funcionários, entendendo que eles são parte fundamental da empresa e precisam estar motivados e satisfeitos.

Organização e comunicação interna mais versátil e dinâmica

Outra tendência para o RH é pensar em espaços mais versáteis onde os colaboradores possam se sentir mais motivados. Isso vai desde espaços de coworking até home office e outras ideias que trazem mais flexibilidade sem prejudicar a produtividade.

Isso também vai ao encontro da ideia de pensar mais no funcionário. Foi-se o tempo em que o trabalhador não era valorizado dentro da empresa. Quanto mais for reconhecida a sua importância e a relevância da sua opinião, mais ele se sentirá integrado e realmente disposto a fazer os negócios crescerem. Por isso, as estratégias que permitem uma maior flexibilidade dialogam com a contemporaneidade, onde algumas tarefas podem ser realizadas de forma remota ou por meio de dispositivos móveis. Isso não é útil apenas para a empresa, mas facilita a vida do colaborador também.

Para facilitar essa integração e organização mais flexíveis dentro da empresa serão cada vez mais utilizados os serviços que envolvem a comunicação digital. A comunicação deve ser ainda mais facilitada por meio dos dispositivos, redes sociais e aplicativos que devem ser integrados ao máximo nos próximos anos.

Controle de chegada e saída menos tradicional

Outra importante tendência serão as formas de organizar a entrada e saída dos funcionários na empresa. Ao invés dos tradicionais relógios, o RH deve investir em modelos que trarão mais praticidade e farão que o departamento ganhe mais tempo. A melhor forma de organizar isso é por meio de um tablet fixo à parede, em que o colaborador pode fazer marcações por meio de identificação com senha e foto. Para o RH isso significa muito mais praticidade e agilidade na hora de organizar as informações, pois os dados são automaticamente enviados para um painel em nuvem. Além disso, diminui bastante a necessidade de manutenção. Existem também as opções que capturam a geolocalização do colaborador e os modelos voltados para home office. Essa é uma tendência que certamente trará um melhor desempenho para o departamento de RH em 2019 e nos próximos anos.

Lembre-se que todas as tendências precisam ser pensadas estrategicamente pelo departamento de RH e seus resultados devem ser medidos mensalmente. No entanto, a adoção dessas práticas promete ser fundamental para tornar o departamento mais produtivo nos próximos anos.

2 comentários sobre “3 tendências de RH para prestar atenção em 2019!”

  1. Sensacional Daniel… Maior produtividade e compromisso não está ligado a presença física do colaborador.
    Infelizmente muitos empresários e empreendedores ainda tem uma visão “antiga” de Trabalho; ou seja, registrar o ponto e estar presente é o sinal que o funcionário”veio trabalhar”.
    Parabéns pela matéria e iniciativa da propagação.

    1. Boa tarde!
      Concordo plenamente que tem empresários presos a controles que hoje não se faria mais necessário, mas temos que ver os dois lados da moeda, ainda existe muitos colaboradores, que querem flexilidade no horário da entrada para o trabalho, mas quer sair rigorosamente no horário determinado.
      Então precisa ter um conscientização de todos.
      Eu sou a favor da flexibilidade .
      Ótimo artigo…
      Um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *